Clique em nossos anúncios

Clique em nossos anúncios
Gostou do Blog, Clique em Nossa Publicidade!

Bem- Estar

Mulheres aprendam a como desinchar a barriga

A barriga inchada é algo que incomoda muito as mulheres, por isso desinchar a barriga acaba sendo uma das preocupações femininas.
Muitas mulheres sentem-se extremamente infelizes com um problema bastante comum no universo feminino, à barriga inchada, principalmente quando estamos na TPM, período em que o nosso organismo retêm mais líquidos, por isso ficamos mais inchadas.
A barriga é sempre motivo de preocupação entre as mulheres, pois é uma das partes do corpo mais difíceis de manter a forma, por isso encontrar formas para desinchar a barriga se torna uma grande preocupação, mas antes de ser um problema estético, a barriga inchada pode ter relação com algumas doenças, vejamos:

Barriga inchada o que pode ser


A barriga inchada pode ter várias causas, desde ao acúmulo de gases intestinais, má digestão devido a uma alimentação inadequada rica em frituras, doces e gorduras, retenção de líquidos, alterações hormonais causadas pelos anticoncepcionais, estresse ou mesmo um problema mais grave conhecido como síndrome do intestino irritável, que entre os principais sintomas estão distensão abdominal, com um aumento frequente de idas ao banheiro para evacuação, com fezes amolecidas. Outra causa mais séria para a barriga inchada é a intolerância alimentar, causada por substâncias intoleráveis que ao entrar em contato com o estômago não conseguem ser absorvidas de maneira correta, ficando retidas no organismo, dessa forma se acumulam, ocasionando grande desconforto, sendo o inchaço no abdômen, pernas e pés um dos sintomas mais evidentes desse problema.

Desinchar a barriga rápido 

Para desinchar a barriga, primeiro é preciso conhecer suas causas, se o inchaçofor causado por gases, basta uma dieta livre de alimentos como feijão, couve, repolho, trigo, brócolis, que contribuem para um aumento de gases intestinais, recomenda-se também a ingestão de chás para prisão de ventre. Se a causa for alterações hormonais, ocasionados por anticoncepcionais, para desinchar a barriga, basta consultar um ginecologista para a escolha de umanticoncepcional mais indicado ao seu organismo. Para desinchar a barriga durante a menstruação, faça uso de chás diuréticos como o chá verde. Agora se o inchaço estiver associado a alguma doença, um gastroenterologista poderá avaliar o caso e indicar um melhor tratamento para desinchar a barriga.
De uma forma geral para desinchar a barriga, basta uma dieta saudável, livre do consumo exagerado de sal, açúcar e gordura, que são amigas íntimas da barriga inchada e ainda contribuem para o acúmulo de gases intestinais, além de cuidados com alimentação, para desinchar de vez a barriga, procure mastigar bem devagar os alimentos, dessa forma a digestão será mais rápida, beba muito líquido ao longo do dia, água e chá, mas nunca tome líquidos junto com as refeições e evite cafeína, líquidos gaseificados, álcool e bebidas açucaradas que provocam gases e não ajudam em nada a desinchar a barriga.

Chás para desinchar a barriga

Alguns chás com poder diurético são excelentes para desinchar a barriga e ainda de quebra auxiliam no emagrecimento, como o chá verde ou de carqueja, indicados para a retenção de líquidos ocasionados pela menstruação. O chá amarelo combate a retenção de líquidos e facilita a perda de peso, já o chá de hibisco, além de desinchar a barriga, estimula a perda de peso, regulariza o intestino e facilita a digestão. Outros chás como a cavalinha, o cabelo de milho, pata de vaca e chapéu de couro também são chás conhecidos para desinchar a barriga, pois são poderosos diuréticos.
O chá branco, além de desinchar a barriga ainda traz grandes benefícios para a saúde, já o chá 30 ervas, um composto de folhas, frutas e ervas, promete além de desinchar a barriga, melhorar a ansiedade e a digestão, ainda auxilia no emagrecimento pois acelera o metabolismo, é diurético, laxativo e reduz a retenção de líquidos.
Embora os chás ajudem a desinchar a barriga é importante ressaltar que em hipótese alguma eles substituem uma consulta médica, até porque os chás não fazem milagres e para que se obtenha o resultado desejado é preciso à combinação de chás com a alimentação saudável, mais a prática de atividades físicas como caminhadas, corridas, natação, que também são ótimos para desinchar, não só a barriga, mas o corpo como um todo.

Veja outras Dicas, Clique Aqui.

Modelos e Marcas - Dicas

www.modelosemarcas.com.br

Fonte: http://mundomulheres.com/

---------------------------------------------------------------------------

Inchaço ou gordura diferença

Inchaço ou gordura diferença
O sonho da maioria de nós mulheres é com certeza ter uma barriguinha “sarada e lisinha”, para desfilar os mais diversos modelitos sem constrangimento algum e o segredo para isso não está nas dietas milagrosas que nos fazem perder a saúde ao invés de quilos. Para conquistar um corpo perfeito, como bem sabemos é preciso jamais se descuidar da dieta e praticar atividades físicas.
Porém muitas mulheres mesmo seguindo essas recomendações enfrentam um grande problema com os ponteiros da balança que não param de subir e se não bastasse isso, ainda há dias que parece que nenhuma das nossas roupas caberá em nós, é a calça jeans preferida que não fecha, a barriga que parece maior, sem contar a sensação de peso nos pés e nas pernas.
Antes de se desesperar por achar que está engordando, saiba que barriga em excesso é uma coisa e barriga estufada é outra, portanto todo esse peso extra pode ser retenção de líquidos e não gordura, por isso antes de nos aprofundarmos mais no assunto é preciso esclarecer que quem não segue uma alimentação saudável, não pratica exercícios físicos, tem gorduras localizadas principalmente no abdômen e no quadril, roupas que começam a apertar com a necessidade de sempre vestir um número maior, são sintomas de sobrepeso, ou seja, nesse caso há um ganho de peso e um aumento de gordura corporal.
Já a retenção de líquido não é o ganho de gordura, mas se trata de um inchaço ocasionado por um acúmulo de água em nosso organismo e esse acúmulo de líquido em excesso é responsável por essa sensação de aumento de peso.
A retenção de líquidos pode ter várias causas, porém alterações hormonais ocasionadas por estresse, menstruação e gravidez são as principais, assim como uma alimentação inadequada e o excesso de sal nos alimentos, que contribuem não só para a retenção de líquidos, mas também para o desenvolvimento de problemas renais, cardíacos e disfunções da tiróide. É sabido que alguns tipos de anticoncepcionais e corticóides podem contribuir também para a retenção de água em nosso corpo, por isso é importante procurar um especialista sempre que for iniciar algum tipo de tratamento, pois somente ele poderá indicar o melhor tratamento e medicamentos ao nosso organismo.
Embora a retenção de líquido seja incômoda, não é motivo de preocupação, porém é possível aliviar os desconfortos provocados pela retenção, principalmente em relação à estética, basta alguns cuidados simples, confiram:
>> Se o inchaço for ocasionado por problemas hormonais ou por uma alimentação inadequada, a solução está em tomar bastante água, em média oito copos de água por dia, que ajuda no processo de limpeza do organismo.
>> Adquira hábito saudáveis para sua vida, começando por evitar ou diminuir o sal nos alimentos. Para temperar saladas você até poderá substituí-lo usando limão, manjericão, orégano e hortelã. Alimentos muito condimentos e produtos industrializados também causam retenção de líquidos, por isso evite-os.
>> Inclua em sua alimentação alimentos ricos em água como o chuchu, melancia, pêra, abacaxi e hortaliças. A água de coco é rica em potássio e ajuda a prevenir a retenção de líquidos.
>> Evite alimentos que podem provocar gases como repolho, batata doce, couve, entre outros que provocam a sensação de “estufamento”.
>> Para aquelas que trabalham sentadas várias horas por dia, é importante sempre movimentar os pés e levantar a cada hora para exercitar um pouco o corpo, evitando assim a sensação de peso nos pés e pernas.
>> Pratique exercícios físicos, pois através dos exercícios a circulação é estimulada, facilitando assim o fluxo de líquidos e nutrientes pelo corpo.
>> Para os casos mais severos de retenção de líquido a dica é apostar na drenagem linfática, método mais eficiente para eliminar o problema, pois quando feita corretamente a drenagem ajuda o organismo a eliminar toxinas e líquidos acumulados no corpo.
A retenção de líquidos é um problema que afeta a maioria de nós, mas é importante estar atenta para identificar se o problema que nos faz engordar dois ou três quilinhos a mais se trata de uma retenção de líquidos ou se é realmente um problema com balança.

Veja outras Dicas, Clique Aqui.

Modelos e Marcas - Dicas

www.modelosemarcas.com.br

Fonte: http://mundomulheres.com/

------------------------------------------------------------------------------

Você sofre com o inchaço nas pernas?

Você sofre com o inchaço das pernas, tornozelos e pés nesta época do ano? Confira as dicas de como amenizar e evitar esse problema.
Pernas
Assim como eu garanto que muitas mulheres também sofrem com o inchaço nesta época do ano, principalmente nas pernas, tornozelos e pés. Este inchaço é um problema que me causa muito incomodo no final do dia, pois é quando estão mais inchados causando dor e até mesmo dificultando na hora de andar e calçar algum sapato.
Foi pensando no meu desconforto com o inchaço e de mais um monte de mulheres que listei formas de como aliviar ou mesmo evitar este problema.

O que causa o inchaço nas pernas?

Segundo as minhas pesquisas, o inchaço pode ocorrer devido a diversos fatores como alterações hormonais, dilatação dos vasos sanguíneos, período menstrual, gravidez, retenção de líquidos entre tantas outras causas.
Outra causa também é se você  permanece muito tempo sentado ou em pé, pois essa falta de movimentação acaba dificultando o bombeamento do sangue do coração para as pernas, resultando em inchaço, formigamento e a sensação de peso nas pernas.
Deitar com as pernas pro alto
O inchaço é agravado no verão porque o corpo precisa manter a temperatura corpórea, então os vasos se dilatam fazendo que haja um extravasamento de líquidos na região das pernas, que acaba prejudicando a absorção de líquidos pelo sistema linfático, assim dificultando o seu retorno.

Dicas para acabar com o inchaço nas pernas

Uma boa maneira de você saber se suas pernas, tornozelos e pés estão inchados é apertar a pele desta área, de preferência no osso da canela com o dedo indicador. Se a região que você apertou demorar a voltar e ainda ficar uma depressão é porque você está inchada, caso ao contrário não.
Pernas pro alto
- Para ajudar a evitar ou diminuir o inchaço a água é uma grande aliada, por isso tente ingerir no mínimo 2 litros de água por dia;
- Evite alimentos ricos em sódio, pois o sódio (sal) em excesso no organismo também incha;
- De preferência no consumo de alimentos diuréticos;
- Evite também a ingestão principalmente agora no verão alimentos industrializados, enlatados, embutidos e congelados;
- Mantenha o seu peso ideal, pois quando estamos acima do peso, às pernas também tendem a inchar;
- Pratique algum tipo de atividade física, nem que seja uma caminhada por pelo mesmo 3 vezes na semana;
- Opte por usar meias de compressão ideal para este tipo de problema;
- Quando chegar em casa ao final do dia coloque suas pernas para cima com o auxilio de um travesseiro;
- Use cremes específicos para a diminuição do inchaço das pernas.
Caso essas dicas  não melhorem o seu quadro, recomendo que procure a orientação de um médico, pois doenças como trombose, varizes, insuficiência cardíaca, mau funcionamento da tireóide entre outros podem ser a causa dos inchaços.

Veja outras Dicas, Clique Aqui.

Modelos e Marcas - Dicas

www.modelosemarcas.com.br

Fonte: http://mundomulheres.com/
-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Menstruação com dor de cabeça


Conhecida por mais da metade das mulheres, a dor de cabeça durante a menstruação é capaz de deixar qualquer uma de cama.


Mulher com dor de cabeça
Quando o assunto é menstruação atrasada, a primeira coisa que pensamos é que uma gravidez pode estar por vir, mas nem sempre quando a menstruação atrasa que dizer que seja gravidez e sim outros problemas de saúde que podem ser bem sérios. A primeira coisa a fazer depois de pelo menos um mês de atraso é um teste de gravidez, que pode ter ou não o resultado positivo.
Caso o resultado deste exame de gravidez seja negativo, há vários outras coisas que podem estar acontecendo no seu organismo e causando essa falta de menstruação que pode vir acompanhado com dor de cabeça. Confira abaixo o que pode ser e quais os cuidados que você pode tomar.

Menstruação atrasada com dor de cabeça

Existem vários fatores que podem ser a causa do atraso menstrual, e quando a gravidez não é confirmada é preciso ir atrás das possíveis causas. A menstruação pode atrasar de 3 a 5 dias mesmo em mulheres que possuem o ciclo regular e que nunca tenham atrasado antes. Quando o atraso ultrapassa esse número, algumas causas podem ser as responsáveis.
Menstruação atrasada

Estresse e ansiedade

O ciclo menstrual é facilmente influenciado por fatores emocionais. O estresse e a ansiedade podem afetar negativamente todo o seu ciclo menstrual, além disso, pode fazer com que você não ovule em um determinado ciclo, atrapalhando completamente uma gravidez.

Infecções e doenças

Gripes, infecções como cistite ou mesmo amigdalites já são o suficiente para atrasar alguns dias seu ciclo menstrual. Por isso é importante sempre à procura de um médico para uma melhor avaliação.

Excesso de peso

Você sabia que o excesso de peso também pode ser a causa para o atraso menstrual? Isso acontece porque quando estamos acima do peso nossa massa de tecido gorduroso é maior, e isso acaba produzindo estrogênio além do normal. O estrogênio é um hormônio essencial para a ovulação, mas quando em excesso acaba inibindo a liberação de óvulos. Então quando a mulher não ovula, ela também não menstrua.

Baixo peso com distúrbios alimentares

Outra causa do atraso menstrual pode ser a falta de tecido gorduroso. Mulheres que sofrem de anorexia, bulimia ou fazem dietas totalmente extremas apresentam baixa gordura corporal que acaba reduzindo a capacidade do corpo feminino de produzir estrogênio. Como dito do tópico acima, o estrogênio é fundamental para a ovulação, e sem ovulação a mulher também não menstrua.

Excesso de atividades físicas

Mulheres que fazem atividades físicas em excesso também apresentam irregularidades em seu ciclo menstrual. Isso acontece por causa do elevado gasto calórico, estresse dos treinos intensos e também a baixa taxa de gordura corporal.

Menstruação causa dor de cabeça

A menstruação é um processo natural que toda mulher enfrenta durante a vida, e alguns sintomas como a dor de cabeça também podem acompanha-la. Essa dor de cabeça é mais conhecida como Enxaqueca Menstrual ou Enxaqueca Catamenial, que muitas vezes é acompanhada de intolerância a luz, barulhos, enjoos e mal estar.
Geralmente essa dor de cabeça manifesta-se dois dias antes ou mesmo dois dias depois da menstruação. Isso acontece porque os hormônios progesterona e estrógeno permanecem em níveis bem elevados até próximo à menstruação, depois seus níveis no sangue caem bastante. É essa oscilação hormonal que causa a dor de cabeça.

Menstruação com dor de cabeça e enjoo

A dor de cabeça pode vir acompanhada de oscilação de humor, inchaço nas mamas e no corpo, cólicas entre outros que são mais conhecidos como os sintomas da TPM. Além desses sintomas, a dor de cabeça pode vir acompanhada de mal estar e enjoos, sendo a progesterona e estrógeno os responsáveis por esse sintoma.
Mulher deitada com dor
Caso as chances de uma gravidez sejam descartadas, é importante a procure de um médico para uma melhor avaliação do seu estado.

Veja outras Dicas, Clique Aqui.

Modelos e Marcas - Dicas

www.modelosemarcas.com.br

Fonte: http://mundomulheres.com/